Guiamg
Feira Livre

Prefeitura adquire 17 mil m² de lona em benefício dos feirantes da cidade

Material será oferecido a preço subsidiado e poderá ser retirado a partir de segunda-feira (13)

09/01/2020 09h46Atualizado há 3 semanas
Por: Irineu Castanheira
Fonte: Agência PMU
Fotos: Irineu Castanheira
Fotos: Irineu Castanheira

Buscando modernizar e padronizar do Sistema de Feiras Livres do Município de Uberlândia, a Secretaria Municipal de Agropecuária, Abastecimento e Distritos adquiriu 17 mil m² de lona para ser vendida a preço subsidiado aos feirantes interessados. O material foi comprado ao preço de R$ 15,80 o metro quadrado e será repassado aos feirantes no valor de R$ 11,33, podendo ser parcelado em até seis vezes. O subsídio concedido é da ordem de 28,29%, conforme o Programa de Modernização instituído pela Lei Municipal 11.027/2011 (que disciplina as feiras).

Os interessados deverão comparecer à Secretaria Municipal de Agropecuária, Abastecimento e Distritos a partir da próxima segunda-feira (13), no período do meio-dia às 17h, para receber a autorização de retirada do material junto ao Sindicato dos Feirantes. Na oportunidade, serão emitidos os boletos para pagamento, conforme metragem e número de parcelas definidas pelo feirante. A retirada do material no sindicato poderá ser feita às segundas, quartas e sextas em horário comercial.

De acordo com a secretária à frente da pasta, Walkiria Naves, com excelência nos equipamentos, produtos e atendimento, além da fiscalização diária, as feiras livres de Uberlândia têm sido referência para várias cidades que buscam informações para melhoramento de suas feiras locais. “Agora, com as novas lonas, as barracas nas feiras livres estarão ainda mais bem apresentáveis aos frequentadores. A medida mostra também a importância dada pelo município a quem se dedica a esse trabalho tão importante”, afirmou.

O Sistema de Feiras Livres sempre recebeu especial atenção do prefeito Odelmo Leão. A própria Lei 10.702/11, de sua autoria, apresenta diretrizes claras para o setor e determinou a realização de licitação, por meio de concorrência pública, para preenchimento das vagas. A licitação foi realizada de forma que 100% dos feirantes hoje estejam com sua situação regularizada perante as normas municipais e federais pelos próximos dez anos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.