Sábado, 15 de Agosto de 2020
34 98440 8052
Uberlândia Saúde

Prefeitura de Uberlândia entrega nova ambulância ao Siate

O Siate é um modelo de atendimento em parceria com o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais

07/12/2019 07h22 Atualizada há 8 meses
Por: Irineu Castanheira Fonte: Agência PMU
Foto: Agência PMU
Foto: Agência PMU

O Sistema Integrado de Atendimento a Trauma e Emergência (Siate) ganhou um reforço para os atendimentos de traumas e emergências solicitados pela população de Uberlândia. Nesta sexta-feira (6), a Prefeitura de Uberlândia destinou uma nova ambulância de resgate para o Siate, que agora terá sete veículos à disposição.

https://youtu.be/kGE8qlcllbMA solenidade de entrega aconteceu na plataforma de embarque e desembarque do Centro Administrativo Municipal.

“O Siate é um modelo de atendimento em parceria com o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, em que unimos a experiência dos militares em atendimentos de emergência com uma equipe médica da Prefeitura de Uberlândia. Ao receber a notícia de que teríamos uma nova ambulância para o Município, decidimos direcioná-la para o Siate, para continuar oferecendo um serviço de excelência à comunidade”, destacou o prefeito Odelmo Leão.

A viatura foi entregue ao Município pelo Ministério Público Estadual (MPE) após a assinatura do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) por parte de uma empresa de shows e eventos.  Para o promotor de Justiça de Defesa da Saúde, Lúcio Flávio de Faria e Silva, o veículo é fruto de entre o órgão e a Prefeitura de Uberlândia. “Estamos oferecendo mais uma conquista para o povo de Uberlândia em relação ao transporte pré-hospitalar. O Siate já deu respostas positivas, principalmente quando o paciente chega bem assistindo à unidade de saúde, com o prontuário aberto. Um trabalho inovador, que pode sempre contar com a parceria do Ministério Público”.

A chegada do novo veículo de resgate garantirá mais eficiência no serviço oferecido pelos militares e funcionários do Siate, segundo o coronel André Humia Casarim. “Com a nova viatura, ofereceremos maior presteza à população. Desde o início do Siate, nosso atendimento foi ampliado e estamos colhendo os frutos desta parceria com a Prefeitura de Uberlândia. É um veículo faz muita diferença no atendimento pré-hospitalar, pois suporta por mais tempo a rotina do nosso dia a dia de atendimento. É equipamento de qualidade para a população de Uberlândia”.

O secretário de Saúde, Gladstone Rodrigues da Cunha Filho, também reitera que a parceria entre Corpo de Bombeiros, Ministério Público e a administração Municipal vem para beneficiar a comunidade. “Não tem sido fácil continuar garantindo os serviços de saúde, e isso é um problema nacional. No entanto, o prefeito Odelmo Leão tem conseguindo enfrentar os desafios de maneira segura , com apoio de parceiros importantes, para continuar inovando e oferecendo serviços de qualidade para a população”.

O Siate é um modelo exclusivo de Uberlândia, uma vez que conta com uma regulação médica única e equipes de atendimento mistas (profissionais do Município e militares). Com as atividades iniciadas em 31 de agosto, já foram registrados mais de 2.500 atendimentos, sendo que cerca de 900 foram solucionados por um profissional da regulação médica via telefone, sem a necessidade de enviar uma viatura.

No modelo de serviço, os militares recebem os chamados pelo 193 e, ao observarem a necessidade de atendimento médico, direcionam os chamados para a regulação. Esta equipe, se identificar a necessidade de um resgate, envia uma ambulância ou UTI Móvel. Ao todo, são 60 profissionais, entre enfermeiros, técnicos em enfermagem e médicos, que realizam atendimento pré-hospitalar e de socorro da comunidade. A base do Siate está instalada na sede do 5º Batalhão do Corpo de Bombeiros, localizada na avenida Rondon Pacheco.

“É um serviço inovador, com prontuário eletrônico online, e com médico da regulação à disposição 24h. E isso dá mais segurança nos atendimentos, pois tudo está registrado. Além disso, as equipes estão em constante aprimoramento, alinhando o conhecimento médico com a experiência dos militares em atendimentos de urgência e emergência. Isso é um fator primordial no Siate e que poucos serviços no Brasil têm”, finalizou o assessor técnico da rede de urgência e emergência, Clauber Lourenço

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.