Sábado, 30 de Maio de 2020
34 98440 8053
Dólar comercial R$ 5,34 -0.847%
Euro R$ 5,93 -0.914%
Peso Argentino R$ 0,08 -1.391%
Bitcoin R$ 54.030,81 +1.545%
Bovespa 87.402,59 pontos +0.52%
Economia Economia

Contratos para banda larga cresceram 5,57% em agosto

Banda larga

01/10/2019 16h44 Atualizada há 8 meses
Por: Irineu Castanheira Fonte: Agência Brasil
Divulgação
Divulgação

O número de contratos de banda larga fixa apresentou um crescimento de 5,57% em agosto, na comparação com o mesmo período do ano passado. Os números foram divulgados hoje (1º) pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e mostram que o mês de agosto de 2019 fechou com 32.500.601 contratos registrados, um aumento de 1.713.855 contratos em relação a agosto de 2018.

A Claro é a empresa que ocupa o primeiro lugar no mercado, com a maior quantidade de contratos registrados. A empresa, de acordo com a Anatel, apresentou 9.543.849 domicílios com contrato em agosto, o que representa uma fatia de 29,3% do mercado.

Em segundo lugar vem a Vivo, com 7.295.427 domicílios e 22,4% da fatia do mercado. Em processo de recuperação judicial, a Oi ocupa a terceira colocação com 5.657.258 domicílios com contratos e 17,4% do mercado.

As Prestadoras de Pequeno Porte (PPPs), empresas que detém menos de 5% de cada mercado de varejo de telecomunicações em que atuam, aparecem com 9.195.290 domicílios com contratos registrados e 28,3% de participação no mercado nacional.

"Em relação a agosto de 2018, o grupo das PPPs apresentou o maior crescimento quantitativo da banda larga fixa, com um aumento de 2.248.237 contratos (32,3%). Entre as grandes empresas, a Claro registrou aumento de 309.806 contratos (3,36%) e, por outro lado, a Vivo e Oi apresentaram reduções de 311.571 contratos (4,10 %) e de 511.415 contratos (8,29%), respectivamente, no período", informou a Anatel.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.