Guiamg
Games

Crescimento do mercado de games leva empresa a investir no setor

Games

Tecnologia e games

Tecnologia e gamesTudo sobre tecnologia e games em um só lugar!

25/09/2019 17h03
Por: Irineu Castanheira
Fonte: veja
Divulgação
Divulgação

Mais do que um instrumento de diversão, os games são um negócio. Um grande negócio, aliás, que movimenta bilhões de dólares mundo a fora, superando o mercado da música e do cinema. No Brasil, o setor de jogos eletrônicos arrecadou cerca de R$5,6 bilhões no ano passado e tornou-se o maior da América-Latina, segundo dados da agência Newzoo. Esses números expressivos têm levado empresas a investir no ramo, como é o caso da Gorila Shield, especialista em venda de acessórios para celulares, tablets e relógios inteligentes.

Há mais de dois anos, os diretores da start up brasileira começaram a notar o crescimento do setor no Brasil e, mesmo não sendo o foco da empresa, decidiram introduzir na loja online produtos direcionados ao público gamer. Ano passado, porém, após analisar a demanda dos clientes e as oportunidades do mercado, a Gorila criou a linha Gorila Gamer.

Segundo Frederico Oliveira, diretor da empresa, a decisão de desenvolver produtos direcionados exclusivamente aos jogadores veio depois de compreender as necessidades do público. “Notamos que muitos dos nossos clientes também jogam e estão dispostos a pagar por produtos de qualidade. Então, nós queremos aproveitar essa confiança que eles já têm na nossa loja para oferecer o que eles precisam”, afirma.

De fato, o que não falta ao setor dos games é consumidor. De acordo com o Censo da Indústria Brasileira de Jogos Digitais (IBJD), o número de players pulou de 66 milhões, em 2017, para 75 milhões em 2018. Pode-se dizer que parte desse aumento se deve aos smartphones, uma vez que estes são os principais dispositivos utilizados para jogar.