Quinta, 19 de Maio de 2022
10°

Alguma nebulosidade

Uberlândia - MG

Geral Paraná

Paraná direciona serviço de telessaúde para estudantes das universidades estaduais

O Governo do Estado, por meio da Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), vai utilizar o serviço de telessaúde com o...

28/01/2022 às 22h55
Por: Irineu Castanheira Fonte: Secom Paraná
Compartilhe:
Foto: SETI
Foto: SETI

O Governo do Estado, por meio da Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), vai utilizar o serviço de telessaúde com o aplicativo Saúde Online Paraná para o atendimento de estudantes e servidores das universidades estaduais do Paraná, a partir de fevereiro.

Considerando o retorno das aulas presenciais, o objetivo é evitar a sobrecarga nas unidades de saúde, nos municípios onde estão localizados os campus universitários. Além de consultas médicas para pacientes com sintomas de Covid-19, o aplicativo vai contemplar o acolhimento psicológico desse público. O app estará disponível para os sistemas Android e iOS.

O superintendente de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Aldo Nelson Bona, destaca a importância da solução tecnológica no cenário pandêmico do novo coronavírus, observando inclusive o crescimento dos índices de contágio pela variante ômicron.

“Como os sintomas atuais são mais leves, em razão da vacinação da população e das características da variante ômicron, que afeta mais o trato respiratório superior, o atendimento online vai proporcionar guarida às suspeições de contágio, permitindo os afastamentos necessários”, afirma.

Bona sinaliza que o retorno das atividades presenciais nas instituições estaduais de ensino superior implica em um aumento na dinâmica de deslocamentos das pessoas, inclusive entre municípios e regiões, uma vez que alguns alunos viajam diariamente para assistir aulas em cidades diferentes das que residem.

EXPERIÊNCIA –O serviço de telessaúde do Paraná foi desenvolvido em etapas. Em abril de 2020, em parceria com a Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná (Celepar), foi disponibilizado à população o app Telemedicina Paraná.

Em novembro de 2020, a tecnologia foi substituída pela plataforma SaúdeOnline Paraná, com novas funcionalidades para o acompanhamento clínico dos pacientes.

Idealizado pela Seti e coordenado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), o projeto integrou uma série de medidas governamentais para o enfrentamento da crise epidemiológica. O serviço contribuiu para desafogar as unidades de saúde, evitando aglomerações e deslocamentos.

Ao longo de 18 meses, médicos, enfermeiros, psicólogos, professores e estudantes das sete universidades estaduais do Paraná atuaram em diferentes etapas de atendimento da plataforma digital. Ao todo, o aplicativo viabilizou mais de 40 mil atendimentos, entre consultas médicas, de enfermagem e acolhimentos psicológicos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários