Quinta, 19 de Maio de 2022
10°

Alguma nebulosidade

Uberlândia - MG

Educação Mato Grosso do Sul

SED realiza seminário com enfoque no programa MS Alfabetiza

Nesta semana a Secretaria de Estado de Educação (SED) reuniu representantes das secretarias municipais de educação para o 1º Seminário Estadual do ...

28/01/2022 às 06h10
Por: Irineu Castanheira Fonte: Secom Mato Grosso do Sul
Compartilhe:
SED
SED

Nesta semana a Secretaria de Estado de Educação (SED) reuniu representantes das secretarias municipais de educação para o 1º Seminário Estadual do Programa MS Alfabetiza- Todos pela Alfabetização da Criança. Durante abertura a secretária de educação, Cecilia Motta, enfatizou a importância do programa. “É uma honra receber todos os municípios e poder trabalhar no programa com 100% de Mato Grosso do Sul, onde estarão engajados para argumentar e defender o programa. Nosso MS é destaque nacional, com excelentes indicadores com relação aos outros estados, estamos na vanguarda em utilização de tecnologia nas aulas remotas, nossas ações são exemplos e inspiração para outros estados, sinal que estamos no caminho certo”.

O Programa MS Alfabetiza – Todos pela Alfabetização da Criança, foi lançado em outubro do ano passado, com adesão de 100% dos municípios de Mato Grosso do Sul. Uma parceria com Fundação Lemann, Instituto Natura, Bem Comum, Parceria pela Alfabetização em Regime de Colaboração (PARC), Assomasul, Undime e Fundação de Apoio e Desenvolvimento à Educação Básica de Mato Grosso do Sul.

 

Cecilia Motta lembrou ainda aos gestores municipais que o sucesso na alfabetização contribui para o desenvolvimento do estudante em todas as etapas da Educação Básica. “O governador Reinaldo Azambuja é municipalista, eu sempre defendi esta bandeira, diante disso, e considerando a relevância do Regime de Colaboração entre Governo de MS e municípios, buscamos a implementação de uma política com foco na alfabetização das crianças até o 2º ano do Ensino Fundamental, acredito na política de estado, educação deve ser usada como arma de defesa e evolução, serão 757 escolas de MS impactadas nos anos iniciais”, destaca secretária.

De acordo com a coordenadora de Formação Continuada e diretora presidente da Fundação de Apoio à Educação Básica de Mato Grosso do Sul, Alessandra Beker, o evento tem por objetivo promover momentos de reflexões sobre a implementação do Programa, “considerando o processo de alfabetização do nosso Estado e as ações educativas a serem desenvolvidas nas escolas, durante o ano letivo, tivemos como público-alvo representantes das secretarias municipais de Educação, responsáveis pelo Programa”.

A secretária Municipal de Educação de Três Lagoas e representante da UNDIME Mato Grosso do Sul, Ângela Maria de Brito lembrou do grande desafio que os municípios têm. “São 79 municípios que aderiram ao programa, isso mostra responsabilidade, compromisso e gratidão. Hoje cada gestor educacional irá contribuir com trabalho, determinação para que possamos, com responsabilidade, perante a comunidade sul-mato-grossense, lutar para uma educação de qualidade”.

O evento foi realizado pela SED, por meio da Coordenadoria de Formação Continuada (CFOR), com apoio da Fundação de Apoio à Educação Básica de Mato Grosso do Sul, (FADEB). 

Palestra

Durante o evento, gestores, coordenadores e professores tiveram oportunidade de assistir, palestra intitulada “O papel do Coordenador Municipal no Programa MS Alfabetiza”, com coordenadora de Implementação da Parceria pela Alfabetização em Regime de Colaboração (PARC), Mônica Maria Silva e Souza.

Além da palestra “Divulgação de resultados da Avaliação de fluência”, com coordenador das ações de fluência leitora, junto à Associação Bem Comum, Hylo Leal Pereira, a programação também contou com um momento específico destinado ao Programa na Jornada Pedagógica de 2022.

MS Alfabetiza

O Programa MS Alfabetiza – Todos pela Alfabetização da Criança – tem por finalidade o estabelecimento de condições necessárias para que os estudantes matriculados nas redes públicas sul-mato-grossenses adquiram o domínio das competências de leitura e escrita adequados à sua idade e ao seu nível de escolarização.

Sabe-se que o sucesso na alfabetização contribui para o desenvolvimento do estudante em todas as etapas da educação básica; diante disso, e considerando a relevância do Regime de Colaboração, esta Secretaria busca a implementação de uma política com foco na alfabetização das crianças até o 2º ano do Ensino Fundamental.

Para atingir esse objetivo, o Estado de Mato Grosso do Sul celebra a parceria com municípios sul-mato-grossenses, tendo como objetivo viabilizar e fomentar a colaboração entre a Rede Estadual e as redes municipais de ensino, por meio de ações conjuntas voltadas ao fortalecimento da aprendizagem e da melhoria dos indicadores educacionais dos estudantes matriculados nos dois primeiros anos do ensino fundamental.

Eixos

O Programa MS Alfabetiza contempla os seguintes eixos: Formação continuada dos professores e gestores escolares; Avaliação externa e acompanhamento dos indicadores de aprendizagem; Fortalecimento da gestão escolar; Cooperação e incentivos entre estado e municípios; Oferta de material didático complementar.

Em suma, o programa objetiva implementar uma política de melhoria da aprendizagem nos anos iniciais do Ensino Fundamental, com ênfase na Alfabetização; fortalecer o Regime de Colaboração entre o Estado e os Municípios, no processo educacional; e criar soluções específicas de âmbito estadual e local.

Investimento

Neste primeiro momento, o Programa será responsável por investimentos em diversas frentes, tais como Aquisição de Livro Didático, premiações destinadas às escolas que obtiverem os melhores índices de alfabetização, contribuições financeiras às escolas com os menores índices de aprendizagem (denominadas “escolas apoiadas”), recursos para avaliações anuais pela SED e bolsas para Formação dos profissionais. Ao todo, está previsto um investimento de R$ 8,3 milhões para as ações de 2022.

Adersino Junior, Assessoria de Comunicação SED

Fotos: SED

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários