Sábado, 23 de Outubro de 2021
31°

Nuvens esparsas

Uberlândia - MG

Esportes Rio Grande do Sul

Conselho aprova proposta do Plano Estadual do Esporte e Lazer

O Conselho Estadual de Esporte do RS (Ceers) aprovou a minuta do Plano Estadual do Esporte e Lazer. A proposta agora será encaminhada como um projeto de lei para apreciação e aprovação pela Assembleia Legislativa.

23/09/2021 às 19h15
Por: Irineu Castanheira Fonte: Secom Rio Grande do Sul
Compartilhe:
-
-

O Conselho Estadual de Esporte do RS (Ceers) aprovou a minuta do Plano Estadual do Esporte e Lazer. A proposta agora será encaminhada como um projeto de lei para apreciação e aprovação pela Assembleia Legislativa. Durante o encontro do Ceers, nesta quarta-feira (22/9), presidido pelo secretário do Esporte e Lazer, Danrlei de Deus, foram analisadas as demandas apresentadas pelos segmentos esportivos dos diversos polos regionais do Estado.

Implementado pela Secretaria do Esporte e Lazer (Sel), o plano estadual tem como objetivo traçar metas e diretrizes para os próximos 10 anos na área esportiva do Estado, com ações focadas em educação, inclusão, saúde, lazer, rendimento e alto rendimento. Elaborado a partir de conferências regionais e da Conferência Estadual do Esporte e Lazer, que ocorreu em agosto de 2021, o plano reúne as demandas de cada região do RS.

Como melhoria para o segmento esportivo, o plano propõe que o esporte possa ser visto de forma diferente pelos gestores nos próximos 10 anos. Os principais pilares são a valorização do profissional de Educação Física como ministrante das práticas esportivas, viabilizando a iniciação esportiva com qualidade; o investimento em estruturas escolares, de forma a fomentar a prática do esporte desde à base; e o foco na saúde e no lazer, de maneira a proporcionar à sociedade locais públicos que possam ser utilizados com segurança para a prática esportiva.

O plano gaúcho para o esporte também prevê assegurar, em até 10 anos, que 80% dos alunos da Educação Básica estejam matriculados em escolas com acesso à infraestrutura esportiva, destaca Danrlei de Deus. “Identificamos que esse é um grande desafio a ser enfrentado. As estratégias que abordam a questão das escolas passam, sobretudo, pelo estímulo ao empenho das instituições de ensino a dar condições para que todos os alunos da Educação Básica pratiquem atividade física, ao menos, três vezes por semana”, acrescenta o secretário.

Ainda tem como proposta que todas as novas escolas construídas tenham, no mínimo, uma quadra poliesportiva e que sejam destinadas verbas para academias ao ar livre, pistas de caminhada e ginásios esportivos.

Também a inclusão se faz presente nas cinco diretrizes existentes no Plano Estadual do Esporte e Lazer. Desde ter uma cadeira no Conselho Estadual do Esporte e Conselho Municipal do Esporte até ações de acessibilidade aos espaços públicos destinados à prática esportiva.

O plano busca o apoio por parte das empresas aos projetos do Pró-Esporte RS, que atua por meio de duas ferramentas: a Lei de Incentivo ao Esporte, que concede incentivo do ICMS às empresas patrocinadoras de projetos esportivos aprovados pelo programa; e pelo Fundo Estadual de Incentivo ao Esporte (Feie), realizado por investimentos de forma direta por parte do Estado, por meio de editais. Bem como, a adoção de uma área esportiva para manter ativa.

Texto: Ascom Sel
Edição: Secom

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários