Guiamg
Negócios

Empresários e gestores municipais participam do ‘Dia da Média Empresa’

Evento é o 1º do tipo em Minas Gerais e foi promovido pela Prefeitura de Uberlândia em parceria com o BNDES

11/07/2019 16h29
Por: Irineu Castanheira
Fonte: Secom/PMU
Divulgação
Divulgação

Empresários e gestores municipais de cidades da região, bem como representantes da Associação dos Municípios da Microrregião do Vale do Paranaíba (Amvap), participaram na manhã desta quinta-feira (11) do “Dia da Média Empresa”. O evento sobre linhas de crédito voltadas para empresas com faturamento anual entre R$ 40 milhões e R$ 1 bilhão foi promovido pela Prefeitura de Uberlândia, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Turismo, e pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) no Auditório Cícero Diniz, no Centro Administrativo.

A iniciativa faz parte da política de fomento a novos negócios e fortalecimento das empresas, “Invista”, que marca o trabalho da administração municipal com foco na geração de emprego e renda. “Vamos investir porque o Brasil precisa de geração de emprego”, disse o prefeito Odelmo Leão na abertura do evento.

Com apoio do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), da Fundação Dom Cabral (FDC) e da Federação das Indústrias do estado (Fiemg), o “Dia da Média Empresa” contou com palestras sobre incentivos a empresas de médio porte e atendimento técnico, com rodadas de negócio, oferecido pelo BNDES e BDMG aos participantes. Além de empresários, pelo menos 10 prefeitos da região foram atendidos pelo banco por intermédio da iniciativa da Prefeitura de Uberlândia.

Flávio Bernardes, há oito anos à frente de uma empresa de Uberlândia que atua no comércio de commodities agrícolas, estava entre os mais de 100 participantes do evento e se mostrou otimista quanto à oportunidade. “Crédito é o combustível das empresas. Não só a minha, mas todas as empresas precisam de crédito para poder crescer, tocar suas atividades, gerar emprego e renda. E é isso que movimenta a economia. A importância dessa iniciativa é possibilitar acesso a linhas de crédito relevantes, com taxas factíveis, que apoiem o setor que mais gera emprego e renda no país, que é o da empresa de médio porte”, avaliou.

Apoio às prefeituras

O prefeito Odelmo Leão ainda aproveitou o encontro para reivindicar junto ao banco de desenvolvimento maior apoio às prefeituras mineiras.  “As prefeituras precisam do suporte do BNDES, principalmente na parte de assessoramento de projetos e especialmente nesse momento de crise. Se possível, criar um departamento de assessoramento, de orientação para que as prefeituras tenham maior acesso aos investimentos do banco”, sugeriu.

O superintendente de Fomento e Originação da instituição, Cláudio Leal, destacou que o BNDES deve atuar nesse sentido. “O desenvolvimento está no DNA do banco. Uma das prioridades é apoio do banco às prefeituras, seja no desenho de modelagem de Participação Público-Privada (PPP), eventualmente nas privatizações ou em modelos de gestão eficiente”, explicou.

Secretaria de Comunicação e Governo/Divulgação

Uberlândia é a primeira cidade de Minas a receber a equipe do BNDES para falar de uma nova linha de crédito específica para empresas de médio porte. O objetivo é promover o fortalecimento dos empreendimentos com ganho de produtividade, competitividade e governança.