Sábado, 31 de Julho de 2021 03:49
34 9987 27 0 11
Geral Mato Grosso do Sul

A cada 10 pessoas em MS, 3 foram completamente imunizadas

Líder em vacinação, Mato Grosso do Sul atingiu nesta quinta-feira (22) a marca de 30% da população com a 2ª dose ou vacina de aplicação única contr...

22/07/2021 13h40
Por: Irineu Castanheira Fonte: Secom Mato Grosso do Sul
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Líder em vacinação, Mato Grosso do Sul atingiu nesta quinta-feira (22) a marca de 30% da população com a 2ª dose ou vacina de aplicação única contra a Covid-19. São 842.858 sul-mato-grossenses completamente imunizados, 22.174 com a dose única e 620.684 com a chamada D2. Isso significa que a cada 10 sul-mato-grossenses, três já estão completamente imunizadas contra a Covid-19. 

Considerando apenas a população vacinável (com 18 anos ou mais ou com comorbidades), 74,43% já receberam pelo menos uma dose dos imunizantes e 40,49% estão completamente imunizados.  Ao todo, Mato Grosso do Sul aplicou 2.170.122 doses nos 79 municípios. Os números são do Vacinômetro, disponível no Portal do Governo Estadual e no site da Secretaria de Saúde.

Para o governador Reinaldo Azambuja, o desempenho do Estado é resultado da sintonia das equipes. “Desde o início, dialogamos muito bem com os 79 municípios. A vacina chega a Campo Grande e em menos de 12 horas é distribuída às prefeituras. Criamos uma logística com a Secretaria de Justiça e Segurança Pública, bombeiros e policiais que pegam as vacinas nas centrais e distribuem rapidamente e isso resulta no avanço da vacinação. O Estado detém a distribuição, mas ele não tem as equipes, quem aplica são os trabalhadores das unidades de saúde”, disse.

Mato Grosso do Sul também foi beneficiado com o estudo VEBRA COVID-19 (Vaccine Effectiveness in Brazil Against COVID-19) com a completa imunização dos 13 municípios que fazem fronteira com Paraguai e Bolívia. E as sobras das vacinas foram distribuídas aos outros 66 municípios.

Apesar do avanço na vacinação, a recomendação da Secretaria de Estado de Saúde é manter as medidas de prevenção, evitando aglomerações, usando máscaras de proteção e mantendo a higienização das mãos. Mato Grosso do Sul caminha a passos largos para ser a primeira Unidade da Federação a atingir a imunidade de rebanho, o que pode acontecer, na previsão dos gestores, no fim de agosto.

Paulo Fernandes, Subcom

Foto: Saul Schramm