Domingo, 01 de Agosto de 2021 01:23
34 9987 27 0 11
Geral Amazonas

No primeiro leilão do Detran-AM do ano, 831 veículos foram arrematados

O Detran-AM conseguiu vender 831 veículos no primeiro leilão virtual do ano, realizado entre os dias 31 de maio e 2 de junho.

22/06/2021 18h20
Por: Irineu Castanheira Fonte: Secom Amazonas
Primeiro leilão do Detran-AM do ano
Primeiro leilão do Detran-AM do ano

ODepartamento Estadual de Trânsito do Amazonas(Detran-AM) conseguiu vender 831 veículos no primeiro leilão virtual do ano, realizado entre os dias 31 de maio e 2 de junho. O órgão havia disponibilizado 950 veículos para o certame, mas precisou retirar alguns devido a restrições judiciais.

A disputa pelos veículos foi grande. De acordo com o leiloeiro do certame, foram feitos 37 lances, em média, por lote. O veículo mais disputado foi uma picape Amarok, ano 2012. Ela foi arrematada por R$ 47.800. De acordo com a tabela da Fundação Instituto de Pesquisa Econômica (Fipe), esse modelo de veículo é vendido no mercado por R$ 66.027.

Um dos arrematantes no certame, o cinegrafista Jander Robson de Souza, de 32 anos, aponta que adquirir um veículo nos leilões do Detran é muito vantajoso. “Eu já comprei no leilão do Detran várias vezes. Foi a primeira vez que comprei um carro. Motos eu já arrematei outras vezes. Para mim foi muita vantagem, pois esse carro eu comprei por R$ 7 mil, e ele está avaliado em R$ 15 mil. Acho muito vantajoso comprar o carro nos leilões”, disse.

O dinheiro arrecadado com o leilão será usado para a quitação das dívidas desses veículos com o Detran Amazonas. A maioria das pendências são relativas a licenciamento em atraso.

O próximo leilão do Detran Amazonas está previsto para o mês de agosto. A quantidade de veículos ainda não foi definida, mas tudo indica que deve ficar na média dos últimos certames, com aproximadamente 800 lotes.

Em 2020 

No ano passado, o Detran-AM realizou quatro leilões, todos na modalidade virtual. Mais de 3.600 veículos foram arrematados. Desse total, 3.200 foram motocicletas e 418 foram carros.

Os leilões realizados no ano passado representaram um crescimento de 50% nas vendas em comparação com 2019.