Domingo, 01 de Agosto de 2021 01:37
34 9987 27 0 11
Geral Amazonas

No interior, PMAM prendeu cinco pessoas e apreendeu mais de quatro quilos de drogas

A Polícia Militar do Amazonas (PMAM), durante patrulhamentos realizados no interior prendeu cinco pessoas por tráfico de drogas e desacato.

22/06/2021 18h00
Por: Irineu Castanheira Fonte: Secom Amazonas
No interior, PMAM prendeu cinco pessoas
No interior, PMAM prendeu cinco pessoas

A Polícia Militar do Amazonas (PMAM), durante patrulhamentos realizados no interior do estado nas últimas 24 horas, prendeu cinco pessoas por tráfico de drogas e desacato. Durante as ações no interior, a PMAM também cumpriu um mandado de prisão. Ao todo, os policiais conseguiram tirar de circulação, entre a manhã de segunda-feira (21/06) e as primeiras horas da manhã de hoje (22/06), mais de 4 quilos de drogas, uma arma de fogo e uma balança de precisão. As prisões ocorreram nos municípios de Benjamin Constant, Codajás, Eirunepé e Iranduba.

Em Eirunepé (a 1.160 quilômetros de Manaus), policiais militares da 1ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) prenderam três homens, de 21, 28 e 30 anos, por tráfico de drogas e porte ilegal. Durante a abordagem, a equipe policial encontrou 4 quilos de drogas, dos tipos maconha e cocaína, três facas, um terçado, um canivete e três celulares. Os infratores foram conduzidos a 7ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP).

Dois homens, de 18 e 21 anos, foram presos no município de Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus) pelo crime de tráfico de drogas. Quando a guarnição se aproximou da dupla, eles tentaram fugir, mas foram impedidos pelos policiais. Durante a abordagem, foi encontrada com o suspeito uma arma de fogo calibre 32, porções de oxi, uma porção de maconha e R$ 10. Os infratores foram conduzidos ao 31º DIP.

No município de Codajás (a 240 quilômetros de Manaus), o 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM) cumpriu um mandado de prisão em nome de Luiz da Silva Liberato Junior, de 24 anos, que estava foragido da unidade prisional de Coari (a 363 quilômetros de Manaus), onde cumpria pena pelo crime de homicídio. Ele foi recapturado e conduzido ao 78° DIP.