Domingo, 01 de Agosto de 2021 00:17
34 9987 27 0 11
Economia Economia

BC vê redução significativa dos riscos para recuperação econômica

Autoridade monetária aponta para evolução dos indicadores e aposta em retomada mais efetiva no 2º semestre

22/06/2021 12h50
Por: Irineu Castanheira Fonte: R7
Indicadores apontam para retomada econômica - (Foto: Pexels)
Indicadores apontam para retomada econômica - (Foto: Pexels)

O BC (Banco Central) aponta que a atividade econômica brasileira avança positivamente, apesar da segunda onda da pandemia do novo coronavírus no Brasil. A avaliação foi divulgada nesta terça-feira (22), na ata da reunião do Copom (Comitê de Política Monetária) que resultou na elevação da taxa básica de juros ao patamar de 4,25% ao ano.

"Os indicadores recentes continuam mostrando evolução mais positiva do que o esperado, implicando revisões relevantes nas projeções de crescimento. Os riscos para a recuperação econômica reduziram-se significativamente", diz o documento.

A aposta é de que a retomada da economia seja mais efetiva a partir do segundo semestre, a partir do avanço da vacinação contra a covid-19. “Embora a ociosidade como um todo evolua rapidamente para retornar ao nível do fim de 2019, o Comitê considera que a pandemia ainda segue produzindo efeitos heterogêneos sobre os setores econômicos”, destaca o BC.

Ainda assim, a autoridade monetária observa que os níveis de incerteza seguem elevados com a recuperação dos países desenvolvidos. A situação pode "tornar o ambiente desafiador para países emergentes", como o Brasil. “Para o Comitê, novas discussões sobre o risco de um aumento duradouro da inflação nos Estados Unidos podem tornar o ambiente para as economias emergentes desafiador.”