Domingo, 01 de Agosto de 2021 02:07
34 9987 27 0 11
Agricultura Rio Grande do Sul

Programa Troca-Troca de Sementes atinge 78% dos municípios e fornecerá mais de 136 mil sacas de sementes de milho e sorgo

O Programa Troca-Troca de Sementes da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) recebeu pedidos de 14.087 sacas de sementes para a safrinha neste ano.

15/06/2021 23h00
Por: Irineu Castanheira Fonte: Secom Rio Grande do Sul
O programa registrou em 2021 aumento de pedidos de cultivares de alto potencial produtivo e com maior tecnologia agregada - Foto: Fernando Dias/Ascom Seapdr
O programa registrou em 2021 aumento de pedidos de cultivares de alto potencial produtivo e com maior tecnologia agregada - Foto: Fernando Dias/Ascom Seapdr

O Programa Troca-Troca de Sementes da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) recebeu pedidos de 14.087 sacas de sementes para a safrinha neste ano, sendo 4.508 de milho híbrido convencional, 9.468 de milho híbrido transgênico e 111 de sorgo. As encomendas se encerraram na última sexta-feira (11/6). Foram 4,6 mil pedidos de agricultores pertencentes a 165 entidades de 142 municípios. A entrega está programada para os meses de novembro e dezembro.

Para o período da safra, 43,6 mil agricultores de 491 entidades em 391 municípios pediram 122.478 de sacas de sementes, sendo 58.307 de milho híbrido convencional, 59.848 de milho híbrido transgênico e 4.323 de sorgo. A entrega ocorrerá de julho a setembro.

O programa registrou uma ampliação neste ano, considerando safra e safrinha, chegando a 391 municípios, cinco a mais do que no ano passado. Nesta safra, o programa atingiu 78% dos municípios do Estado, mas mesmo alcançando mais municípios em 2021, o número de sacas solicitadas foi 9% menor do que em 2020, totalizando 136.565 sacas de sementes.

“Mesmo com o cenário financeiro favorável ao cultivo de milho, acreditamos que essa redução é resultado dos dois últimos anos de estiagem”, afirma o coordenador do programa, Jonas Wesz. Também o expressivo aumento no valor dos insumos agrícolas faz com que, muitas vezes, o agricultor pense duas vezes antes de investir na produção da nova safra, ressalta Wesz.

Um dos destaques neste ano é a evolução no perfil das cultivares demandadas pelos agricultores. O programa fornece uma ampla gama de materiais para que os produtores possam escolher aquelas mais adequadas ao seu sistema produtivo. E nesta safra houve o aumento de pedidos de cultivares de alto potencial produtivo e com maior tecnologia agregada, dentre as 51 variedades disponíveis neste ano.

“Esse comportamento é reflexo do avanço de tecnologias na agricultura familiar gaúcha, da atuação da Emater/RS com a assistência técnica e da ação focada de qualificação do Programa Troca-Troca de Sementes, buscando a melhoria dos materiais técnicos e o fornecimento de sementes certificadas com elevados padrões de germinação e pureza”, avalia Wesz.

Texto: Ascom Seapdr
Edição: Secom