Domingo, 26 de Setembro de 2021
20°

Trovoada

Uberlândia - MG

Uberlândia Uberlândia

Casa da Mulher é referência para representantes de cidades mineiras

MILITARES DE JOÃO PINHEIRO/MG, UNAI/MG E PARACATU/MG VISITARAM AS INSTALAÇÕES NESTA TERÇA-FEIRA (15)

15/06/2021 às 20h30
Por: Irineu Castanheira Fonte: Secom Uberlândia
Compartilhe:
Casa da Mulher é referência para representantes de cidades mineiras

A prefeitura de Uberlândia segue como referência no apoio ao combate à violência doméstica. Nesta terça-feira (15), membros da patrulha de prevenção à violência doméstica (PPVD) de João Pinheiro/MG, Unai/MG, Paracatu/MG e Uberlândia, bem como os Tenentes Allyson Manoel dos Santos Silva e Jorge Couto, representando os 17º e 32º batalhões de Polícia Militar, visitaram as instalações da Casa da Mulher/CIM, que está sob responsabilidade da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação.

Na oportunidade, os militares conheceram o funcionamento, bem como conheceram o atendimento psicossocial oferecido no local. Segundo os militares, o encontro visa promover o aprimoramento do atendimento das vítimas de violência doméstica nas respectivas comarcas.

Casa da Mulher

Inaugurada em novo espaço em março de 2019, a Casa da Mulher é um espaço destinado a mulheres vítimas de violência que abriga uma completa estrutura de apoio, que inclui a presença da Diretoria de Proteção Social da Mulher e o Núcleo de Apoio à Mulher, que orientam e encaminham as vítimas para rede socioassistencial. O trabalho é feito por uma equipe composta por profissionais como assistentes sociais e psicólogos. O equipamento público está localizado na avenida Nicomedes Alves dos Santos, 727, bairro Lídice.

Ajuda na palma da mão

A luta contra a violência doméstica também ganha força por meio do aplicativo Salve Maria, lançado pela Prefeitura de Uberlândia em 2019. A iniciativa propicia mais um canal direto com a Polícia Militar (PM) para denúncias de abusos de diferentes tipos. Por rápidos comandos no celular, é possível reportar violências de ordem física, psicológica, patrimonial, moral e sexual. A ferramenta também permite informar se o caso está ocorrendo no exato momento da denúncia. Em ocorrências de extrema urgência, basta que o denunciante utilize o “botão do pânico” para acionar imediatamente a presença dos militares.

“Ficamos felizes que nossas ferramentas de apoio à mulher estejam ultrapassando barreiras e levando mais segurança a outras localidades, para sair dessa situação de vulnerabilidade que se encontram e construir uma história diferente”, afirmou a secretária municipal de Governo e Comunicação, Ana Paula Junqueira.

O projeto foi idealizado pela Secretária e desenvolvido por meio da Empresa Processamento de Dados de Uberlândia (Prodaub) em parceria com a Secretaria Municipal de Governo e Comunicação. Quem possui smartphones com o sistema operacional Android pode baixar o app na loja virtual Play Store. Para o sistema iOS, o recurso está disponível no App Store