Sábado, 19 de Junho de 2021 13:38
34 9987 27 0 11
Geral Rio Grande do Sul

Sulgás seleciona supridores para etapa de negociação da Chamada Pública do Gás Natural

A Sulgás e outras quatro distribuidoras de gás canalizado do centro-sul do país – MSGÁS, GasBrasiliano, Compagas e SCGÁS – entram na etapa de negociação da Chamada Pública Coordenada do Gás Natural, também conhecida como CP 22.

11/06/2021 17h11
Por: Irineu Castanheira Fonte: Secom Rio Grande do Sul
-
-

A Sulgás e outras quatro distribuidoras de gás canalizado do centro-sul do país – MSGÁS, GasBrasiliano, Compagas e SCGÁS – entram na etapa de negociação da Chamada Pública Coordenada do Gás Natural, também conhecida como CP 22. Ao todo, mais de 100 propostas de 11 supridores seguem no processo de negociação a partir deste mês de junho. No caso da Sulgás, passaram para essa fase propostas de nove fornecedores: Shell, Compass, Gás Bridge, Petrobras, Newfortress, Trafigura, Ebrasil, Nimofast e CRVR.

O número de proponentes selecionados por cada distribuidora varia conforme as condições e características de suprimento futuro previstas em seus respectivos editais. As propostas que avançam para o processo de negociação incluem diferentes modalidades de atendimento, vinculadas à produção nacional, importação via gasoduto e via gás natural liquefeito (GNL) e também ao biometano. Nas negociações serão considerados, além do preço, as condições operacionais e comerciais e as garantias de fornecimento ofertadas pelos supridores.

“Nosso objetivo com a Chamada Pública Coordenada entre as distribuidoras do centro-sul é ter novas condições de fornecimento que possibilitem o desenvolvimento do mercado, com a diversificação de agentes supridores, e que melhor atenda às necessidades dos nossos consumidores, chegando a um gás com preço mais competitivo”, diz Rafael Lamastra Jr, presidente do Conselho de Administração da Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás).

A Chamada Pública Coordenada (CP22) contou com um total de 13 potenciais supridores participantes, com o recebimento de mais de 130 propostas de suprimento para análise. O resultado, superior ao primeiro processo realizado pelas concessionárias, demonstra a clara contribuição das distribuidoras em prol da abertura do mercado de gás no país, mediante a ampliação do número de potenciais agentes e fontes supridoras. Mesmo com o bom número de propostas recebidas, as distribuidoras alertam que desafios vinculados à regulação do transporte ainda necessitam ser superados para a formação de um ambiente atrativo, viável e competitivo para todos os agentes e, consequentemente, com vantagens para os mercados consumidores.

“O grande número de participantes demonstra que hoje o gargalo para aumentar o uso de gás natural e estimular a economia da região se dá na questão do transporte. É indispensável que se busque alternativas para solucionar esta limitação,” afirma Carlos Camargo de Colón, diretor-presidente da Sulgás.

Sobre a chamada e o mercado potencial no centro-sul do país – lançada em 1º de março de 2021, a Chamada Pública é uma iniciativa das distribuidoras MSGÁS (Companhia de Gás do Estado de Mato Grosso do Sul), GasBrasiliano (Gás Brasiliano Distribuidora), Compagas (Companhia Paranaense de Gás), SCGÁS (Companhia de Gás de Santa Catarina) e Sulgás (Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul) e tem o objetivo de oferecer mais competitividade aos mercados cativos atendidos.

No total, o potencial de contratação a médio prazo supera a marca dos 6 milhões de m³/dia. Juntas, as cinco distribuidoras que integram a CP22 respondem por 15% do mercado de distribuição de gás no Brasil, atendendo cerca de 170 mil consumidores.

Texto: Janine Toma Ponte/Ascom Sulgás
Edição: Secom