Terça, 02 de Março de 2021
34 9987 27 0 11
Cidade Mobilidade Urbana

Iniciada a instalação dos pilares metálicos do Terminal Jardins

OITAVA ESTRUTURA DO TIPO NA CIDADE, TERMINAL ATENDERÁ CERCA DE 40 MIL PASSAGEIROS

23/02/2021 16h38 Atualizada há 1 semana
Por: Irineu Castanheira Fonte: Ag PMU
Divulgação
Divulgação

Concluída a fase de fundação do Terminal Jardins, no bairro Canaã, teve início nesta semana a etapa de instalação dos pilares metálicos que darão suporte à cobertura da estrutura. Tomando forma, a oitava estrutura do Sistema Integrado de Transportes (SIT) na cidade, o novo terminal vai beneficiar cerca de 40 mil passageiros diariamente. Este é mais um empreendimento do programa Uberlândia Integrada II.

“Teremos mais este equipamento para a mobilidade urbana de Uberlândia. Será um importante integrador do nosso sistema de transporte público e estamos atuando e fiscalizando para que a estrutura seja concluída em tempo ágil. Ressalto ainda a segurança e conforto que um terminal como esse trará para o usuário”, disse o secretário municipal de Obras, Norberto Nunes.

Paralelamente, a avenida Judeia, onde o equipamento está sendo instalado, recebe o serviço de drenagem pluvial. Serão 1.500 milímetros (um metro e meio) de escoamento das águas das chuvas, o que prepara a via para ser duplicada. A iniciativa gera maior bem-estar e segurança à população da região.

Terminal Jardins

Com ordem de serviço assinada pelo prefeito Odelmo Leão em novembro do ano passado, o Terminal Jardins estará localizado na avenida Judeia, no cruzamento com a avenida Judá. A estrutura, que contará com três plataforma de embarque e desembarque, está sendo erguida em um terreno de 37,4 mil m² e terá área construída de 8,7 mil m². O terminal contará ainda com área de estocagem, área para os motoristas, bilheteria, sala administrativa, área de estacionamento, bicicletário e área de expansão.

Já a drenagem pluvial e a duplicação da avenida Judeia são necessárias para absorver as alterações no tráfego geradas pelo novo terminal. A estrutura da via saltará de 14 metros para 40 metros de largura, com duas faixas de rolamento por sentido e estacionamento. Haverá ainda canteiro central e ciclovia. Concluída, toda a estrutura beneficiará diretamente os bairros Canaã, São Lucas, Jardim Célia, Panorama, Jardim Maanaim, Residencial Pequis, Monte Hebron, São Bento, Lago Azul e Morada Nova.

Os trabalhos são fiscalizados pela administração municipal, por meio da Secretaria Municipal de Obras, e executados pela Dreste Construtora, empresa escolhida por meio do Regime Diferenciado de Contratação (RDC), considerado um sistema licitatório mais ágil.

Uberlândia Integrada II

O programa Uberlândia Integrada II é fruto de um financiamento do Ministério das Cidades, por meio do Pró-Transportes, e retomado recentemente no âmbito do programa Uberlândia Integrada I e II. Esse recurso tem caráter vinculado, ou seja, só pode ser utilizado em obras estruturais de mobilidade. O programa Uberlândia Integrado I foi lançado pelo prefeito Odelmo Leão ainda durante a sua gestão de 2009 a 2012 e viabilizou outras inúmeras obras pela cidade.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.