Página Inicial / ESPORTE / Três mil alunos buscam classificação para as fases finais do Jemu

Três mil alunos buscam classificação para as fases finais do Jemu


Fim de semana marca o término da fase classificatória dos jogos

Mais de 3 mil alunos das escolas municipais estão em busca de um cobiçado troféu da 11ª edição dos Jogos das Escolas Municipais de Uberlândia (Jemu). As partidas ainda estão na fase classificatória e contemplam seis modalidades, disputadas por estudantes de 8 a 16 anos. Os torneios reúnem o trabalho direto de cerca de cem professores de educação física e têm levado grandes públicos aos palcos dos jogos.

Os alunos entram em quadra para disputas de futsal, handball, vôlei, damas, peteca e atletismo. A maior parte da competição acontece na Escola Municipal Afrânio Rodrigues da Cunha, no bairro Jardim Brasília. A final dos campeonatos acontece no dia 23 deste mês para os alunos da zona rural e no dia 30 para os alunos do setor urbano. No 1º de outubro, haverá a cerimônia de premiação dos vencedores.

Conforme o coordenador geral dos Jemu, Osmar Rodrigues Oliveira, poucas vezes se viu um empenho tão grande dos estudantes para a disputa. “É um envolvimento muito forte. Para eles, isso aqui tem grande significado. Para os professores de educação física, também é muito gratificante, porque reforça os conceitos dados durante as classes”, explicou.

Ainda conforme Oliveira, o torneio caracteriza-se como uma grande aula de socialização para os participantes. “As regras esportivas trazem ensinamentos. Por meio disso, o aluno aprende também a respeitar o outro. Eles socializam com colegas e alunos de outras unidades. Eles esperam o ano todo para isso acontecer”, explicou.

Projeto retomado

A competição é um projeto reativado pela Secretaria Municipal de Educação após dois anos sem atividades. “Agora que os jogos foram retomados, é possível ver, de novo, a alegria dessa meninada. Esses gritos e essa emoção podem ser vistos em todos os dias de jogos”, relatou Oliveira.

A celebração esportiva do município é uma referência de inclusão, no sentido de reunir 39 unidades. Todos os alunos participantes, das regiões urbana e rural, são levados e trazidos de suas respectivas escolas até o local dos jogos pelo transporte escolar.

Alunos e pais envolvidos

Com apenas dez anos, Peterson Campos, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Mário Alves Araújo Silva, está na expectativa com a possibilidade de levar para casa uma medalha de ouro no futsal. “O que eu mais quero é ser campeão. No primeiro jogo, perdemos, mas não vou desanimar. Mas acho divertido demais jogar bola contra outras escolas. A diversão é mais importante ainda do que ganhar”, contou o pequeno atleta.

Nas arquibancadas, o entusiasmo dos pais é tão grande quanto dos jogadores. Na manhã deste sábado (9), Hosana Silva não poupou a garganta para incentivar sua filha, aluna da Escola Municipal Inspetora France Abadia Machado Santana, durante o jogo de futsal.

“Tanto ela quanto eu estamos achando ótima essa experiência. Ela nunca tinha participado de nenhuma competição, agora estamos muito envolvidas. Esporte melhora uma série de coisas na vida da pessoa, trabalha a disciplina e a socialização de tentar vencer em grupo”, disse a mãe.

Você pode Gostar de:

Governo Municipal quita parcela de salários atrasados de 2016

Além de pagar mais de 140 comissionados com salário bruto de até R$2.800, administração municipal …

Projeto Cinema na Biblioteca Apresenta Clássico da lenda de Rei Arthur

Filme ‘Lancelot – O Primeiro Cavaleiro’ será exibido nesta sexta-feira (26) Durante anos, a lenda …

Reiniciadas as obras do Parque Aquático Municipal de Uberlândia

Iniciado os serviços de limpeza e avaliação da estrutura para a retomada das obras do …