Página Inicial / CIDADE / Obras do Parque Aquático Municipal serão retomadas

Obras do Parque Aquático Municipal serão retomadas

O prefeito Odelmo Leão assinou nesta sexta-feira (18), a ordem de serviço para retomada das obras do Parque Aquático Municipal. A continuidade dos serviços será realizada pela LJ Construções e Serviços e garantirá a conclusão e a entrega do equipamento – projeto que teve início ainda em 2008 graças a uma emenda parlamentar do ex-deputado federal João Bittar e que, na sequência, resultou em um convênio entre a Prefeitura de Uberlândia, o Governo Federal e o Governo de Minas. O evento de assinatura foi realizado no Centro Administrativo Municipal com a presença de entidades e atletas que atuam no segmento do desporto aquático da cidade.
“A conclusão do parque é uma das prioridades da nossa gestão, pois ele permitirá que a população tenha acesso a mais um equipamento esportivo de qualidade. Por meio dele, por exemplo, nossos jovens poderão praticar atividades que garantirão qualidade vida e formação humana. Também teremos a oportunidade de, logicamente, revelar muitos atletas profissionais, bem como poderemos entrar no circuito de grandes eventos e competições. Portanto, não podemos perder mais tempo”, explicou o prefeito Odelmo Leão.

Continuidade

De autoria do chefe do Executivo, o projeto teve início em 2008 graças a uma emenda parlamentar do ex-deputado federal João Bittar, que resultou posteriormente em um convênio entre a Prefeitura de Uberlândia, o Governo Federal e o Governo de Minas. Paralisadas desde 2013, as obras serão retomadas pela LJ Construções e Serviços, garantindo a conclusão e a entrega do equipamento.

A partir da assinatura, a empresa vencedora da licitação iniciará o processo para a finalização das obras a partir da próxima segunda-feira (22), quando uma equipe técnica se deslocará ao local para fazer a limpeza e a avaliação da estrutura já erguida para dar continuidade aos trabalhos previstos.

Legado esportivo

De acordo com o prefeito Odelmo Leão, a recuperação do projeto amplia as perspectivas para os atletas do município, deixando um legado ainda maior para o esporte local. “Isso permitirá que a população tenha acesso a um equipamento essencial para o esporte de alto rendimento. Por meio dele, por exemplo, nossos jovens poderão praticar atividades que garantirão qualidade vida e formação humana. Teremos ainda a oportunidade de, logicamente, revelar muitos atletas ali e também no Centro de Iniciação ao Esporte, que em um ano conseguimos fazer saltar de menos da metade das obras realizadas para 95% de conclusão”, adiantou, salientando os avanços na construção do equipamento que deverá ser entregue à comunidade no final do próximo mês.

Novas perspectivas para o futuro

O evento contou com a presença de alunos do Instituo Pater (idealizado por João Bittar e com atuação nas áreas de educação básica, complementar, ensino profissionalizante e superior), que homenagearam o líder do Executivo municipal por dar continuidade ao projeto. Para João Bittar Neto, filho do ex-deputado (falecido em 2017), a retomada das obras é um sonho realizado.

“O prefeito Odelmo Leão é uma pessoa pela qual nossa família tem enorme carinho, respeito e admiração. Ele tem feito um trabalho de extrema importância de recuperação da nossa cidade. É uma obra que desde o princípio foi pensada para fortalecer nosso esporte”, disse.

Parque Aquático Municipal

Construído ao lado da Arena Multiuso Presidente Tancredo Neves (Sabiazinho), o Parque Aquático Municipal tem área total superior a 6 mil m² e contará com arquibancadas para aproximadamente 1,3 mil pessoas, com uma piscina olímpica semi-aquecida (25x50m e 3m de altura), que segue todas as exigências da Federação Internacional de Natação (Fina), além de área de alimentação, sanitários e galeria técnica de 1.200 m².

As obras contam com recursos na ordem de R$ 5,9 milhões, por meio do convênio firmado entre a Prefeitura de Uberlândia, Governo de Minas e Governo Federal. A Administração Municipal, que é a gestora executiva do projeto, fez a doação do terreno e executou as obras de terraplanagem. A partir de agora, para dar continuidade e finalizar o projeto, entrará também com aporte de mais de R$ 850 mil para pagar ajustes do contrato (correções e atualizações do custo da obra). A expectativa é que o restante do projeto seja executado em 12 meses, caso os repasses da União sejam feitos conforme o previsto.

Projeto

O espaço que comportará o Parque Aquático Municipal é um dos módulos que integram o Complexo Virgílio Galassi (extensa área onde se concentram o Parque do Sabiá, o Estádio Parque do Sabiá e a Arena Sabiazinho, por exemplo). O projeto foi idealizado no fim do primeiro mandato do prefeito Odelmo Leão (2005-2008) em parceria com João Bittar.

A parceria resultou em um convênio, para viabilizar a obra, entre os Executivos municipal, estadual e federal. Além disso, em seguida, o prefeito Odelmo Leão enviou um projeto de lei à Câmara Municipal que, aprovado, garantiu a inclusão do Parque Aquático como uma das estruturas do Complexo Virgílio Galassi.

SECOM

Você pode Gostar de:

Governo Municipal quita parcela de salários atrasados de 2016

Além de pagar mais de 140 comissionados com salário bruto de até R$2.800, administração municipal …

Projeto Cinema na Biblioteca Apresenta Clássico da lenda de Rei Arthur

Filme ‘Lancelot – O Primeiro Cavaleiro’ será exibido nesta sexta-feira (26) Durante anos, a lenda …

Reiniciadas as obras do Parque Aquático Municipal de Uberlândia

Iniciado os serviços de limpeza e avaliação da estrutura para a retomada das obras do …